terça-feira, 26 de novembro de 2013

Os Demônios: Introdução e hierarquia

DEMÔNIOS

Eles são as criaturas das trevas supremas. Residentes nos mais diversos reinos no Inferno, todos os demônios são servos de Lúcifer, o Arcanjo que traiu seus irmãos e se rebelou contra a autoridade no Céu, vindo a ser expulso depois de uma guerra sangrenta. Seus poderes são bem variáveis de acordo com as castas, porém tem em comum a telecinese, super força e imunidade à ferimentos comuns e ao fogo. Como fraquezas, tem alergia grave à água benta verdadeira, sal, versos de exorcismo ditos por pessoas com convicção e ferimentos feitos por armas infernais ou celestiais. Não possuem também nenhum vestígio de bondade.

  • Hierarquia

Assim como ocorre com os anjos, a hierarquia dos demônios é bem rígida e respeitada. Mas o motivo não é a lealdade e a obediência, e sim o medo e a força. Demônios mais fortes mantêm seus subordinados obedientes na base da disciplina rígida, castigando cruelmente quem os desafia. Porém, não é incomum um demônio menor subir na hierarquia derrubando ou matando seu superior. No Inferno, vale a lei do mais forte, e quem não foi o suficiente para resistir às investidas de inferiores, mereceu ser destronado e destruído.


Soldado (Miles): Cargo mais baixo dos demônios, são os soldados do inferno, tirados de almas de condenados que se destacaram por seus pecados em vida. Os Miles são formados quando uma alma passa por uma série de castigos e torturas que apagam grande parte da memória de vida e personalidade das almas condenadas. São seres inferiores, descartáveis, acima apenas dos condenados por não sofrerem os castigos e torturas, ficando na função básica de torturadores ou outra qualquer, variando de acordo com a casta.

Cavaleiro (Centurio): Demônios que se destacam em batalhas ou atos de maldade, tortura ou corrupção podem chegar ao grau de cavaleiros e comandarem batalhões de demônios menores. Além disso, os Centurio recebem também a responsabilidade de administrar um vilarejo ou pequeno castelo, onde são treinados as almas candidatas à Miles. Apenas neste grau o demônio é autorizado a cumprir missões na Terra.

Conde (Comes): Demônios poderosos, são cavaleiros que subiram de nível e ganharam dos duques o comando de pequenas cidades do Inferno e de vários batalhões, formando legiões, conglomerados de seis a oito mil soldados. Os Comes soa bem mais poderosos que os Centurio, mas muito mais fracos que os Marquis. Em combate direto com os anjos, estes demônios são os capitães nas frentes de batalha.


Marquês (Marquis): Alto posto onde um ex-condenado pode chegar no máximo, comandam várias cidades e vales de castigo que formam províncias. São também os ajudantes diretos dos Duques. Dificilmente um Marquis se envolve em um combate direto com um anjo, a não ser que o anjo em questão seja muito poderoso e necessite de um cuidado especial. Marquis também dificilmente se manifestam na Terra, pois sua aura é muito poderosa e difícil de suprimir, chamando a atenção das legiões celestiais.


Duque (Duquis): São os comandantes do Inferno, a maioria governantes das nove províncias, ou nove círculos, em sua maioria são serafins que caíram junto com Lúcifer na primeira rebelião, à exceção de Lillith e Baalzebub. O nível da aura dos Duquis é assustador e admirável, rivalizando muitas vezes com os Serafins mais poderosos e até com alguns Arcanjos. Apesar de todos seguirem um código de leis ditadas por Lúcifer, cada Duquis tem autonomia de criar as próprias leis dentro de sua província, e constantemente estão em conflitos fronteiriços, um tentando aumentar suas terras e dominar o território do outro, mas quase nunca eles entram em combate direto, utilizando para isso seus subordinados e peões. Lúcifer é seu representante mais poderoso e senhor de todos os Duques, chamado por si e por todos de Imperador.