domingo, 3 de novembro de 2013

Resenha do primeiro episódio da nova série, Dracula

Primeiramente, me desculpem pelos vários dias sem post. Vida de militar não é fácil, no fim do ano ao invés de melhorar, piora.

Bem, levando em conta que a série "Luz da Lua" tem como protagonistas e antagonistas vampiros e lobisomens, nada mais justo do que eu assistir e comentar aqui, pra vocês, as minhas primeiras impressões sobre a série que estreou semana passada, Dracula, da NBC. Fiquei empolgado quando ouvi falar, tudo sobre vampiros me interessa assistir, e as vezes eu me surpreendo positivamente (como em Underworld) e as vezes negativamente (como em Twilight).

Sinopse Oficial: Em 'Dracula'. Uma reimaginação do clássico romance de Bram Stoker, esta nova série se passa na década de 1890 e acompanha a história de Drácula (interpretado por Jonathan Rhys Meyers, de The Tudors), um homem que vive uma vida dupla em Londres: ele diz ser Allen Grayson, um empresário americano interessado em trazer a ciência moderna para a sociedade vitoriana; mas, na verdade, ele quer se vingar de quem lhe fez mal há centenas de anos. No entanto, seus planos podem ir por água abaixo quando ele conhece Mina Murray (interpretada por Jessica DeGouw, de Arrow), uma garota que parece ser a reencarnação de sua falecida esposa.

Minhas Impressões: Apesar de as interpretações não serem das melhores, o clima sombrio da Londres vitoriana foi bem retratado. As mudanças na trama original de Bram Stoker parecem estranhas no início (como Van Helsing e Dracula terem um suposto acordo e a profissão de Jonathan Harker), mas pode ser que sejam bem amarradas e levem a um ponto bem escrito. Ainda é cedo para dizer, ainda não assisti o segundo episódio, mas estou empolgado e espero que Dracula tenha chegado para apagar de vez o estrago que Stephanie Meyer fez aos vampiros com suas fadinhas purpurinadas chamados Cullen.